11
maio
10

A falácia das Havaianas e a função social de Vestimentas

Todo mundo conhece muito bem os chinelos Havaianas, marca de chinelos de dedo amplamente difundidas por todo o mundo, quase um símbolo do nosso país. Pois é, até nisso o Brasil fica no chinelo, mas o que vou falar sobre este artefato é algo que muitos podem achar extremamente relevante, mas que para uma pessoa naturalmente mão de vaca regrada no âmbito da economia doméstica, faz uma senhora diferença.

Durante o jantar eu assistia televisão com meu pai e durante o intervalo comercial pude ver uma campanha publicitária dos chinelos Havaianas sobre os modelos de Havaianas comemorativas da Copa do Mundo. Neste comercial o personagem interpretado pelo ator Daniel de Oliveira fica em dúvida sobre qual Havaianas irá usar, baseando-se em qual time possuía mais títulos ou uma história mais marcante no futebol mundial. Segue o comercial abaixo:

Neste comercial me surgiu o seguinte pensamento:

Qual a utilidade do desenho das Havaianas se, quando vestidas, não há NENHUMA parcela significativa da estampa à mostra?

De fato, quando estão “em modo de exibição”, ou seja, quando estão às ruas, as Havaianas se tornam Havaianas comuns, mesmo você tendo escolhido a mais legal da loja, ou a que combinava mais com a sua personalidade. No final das contas as pessoas em volta só vão ver a tira de borracha que prende a Havaiana aos pés e as laterais da sola, que, como eu disse antes, não são uma parcela significativa.

Uso como referência as pessoas à sua volta pois é de conhecimento de todos que hoje, no mundo moderno, roupas são escolhidas, na maioria dos casos, para agrado do público. Sim, você escolhe suas roupas para estar bonito para as pessoas a sua volta.

Muitos tentam disfarçar esta atitude tradicionalmente como fútil e sem sentido com a clássica desculpa de que “Usa-se roupas bonitas para se sentir bem”. De fato a pessoa pode sentir-se bem com a roupa, mas questiono-me, e questiono-te leitor, se este se sentir bem não possui nenhuma relação com a apreciação das pessoas a volta.

Para analisar se há esta relação, basta imaginar se você, ou a pessoa, se sentiria bem com a roupa se ela fosse a última pessoa no mundo, ou se esta trabalhasse sozinha, wtv. Não importa a situação, desde que esta envolva somente aquela pessoa e ninguém mais.

Não estou criticando o ato de guiar as escolhas do seu dia-a-dia levando em consideração as pessoas em seu redor, por mais questionável que seja esta atitude já cravada na natureza humana. Critico a insistência das pessoas em não admitir que baseiam boa parte da sua vida em padrões e protocolos de grupos sociais, desde gostos ao modo de falar. Este paradoxo da mente humana chega a ser fascinante de tão simples mas mesmo assim insuperável, dada a força dos protocolos sociais aos quais somos passivamente submetidos. As pessoas tem consciência da sua mediocridade mas à aceitam sem questionamento. Por mais que eu tenha essa mesma atitude, ao menos tenho a decência de admitir que uso roupa X porque as pessoas dizem que fico bonito com ela, afinal quem não gosta de uma massagem no ego. ;)

Anúncios

1 Response to “A falácia das Havaianas e a função social de Vestimentas”


  1. maio 12, 2010 às 9:21 am

    Sobre a Havianas é o mesmo caso de usar roupas bonitas, mesmo sem ver a estampa, a pessoa olha e já identifica qual é, e se não conhece vai querer saber qual é de qualquer jeito. Enfim, esse mundo ta globalizado de mais, quase todos estão se tornando “padrões” . Bom post, darkt3co ^^b


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Pick a Twitt

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Pick a Day

maio 2010
S T Q Q S S D
« mar   jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Pick a Click

  • 3,210 Acessos

%d blogueiros gostam disto: