20
jan
10

Jazz

Desacredito que
ainda exista
pessoa que não se embriague com
a harmonia improvisada do Jazz

Teus compassos
livres
para fluírem livremente noite adentro

Na boemia da cidade
de bar em bar, de mesa em mesa
de copo em copo
de boca em boca

De nota em nota

Como um ébrio
vagante sob as luzes de neon
que sempre à casa volta
com a vaga

lembrança de teus caminhos anteriores

Lembranças embaçadas pelo movimento
pelo vai e vem
de mãos habilidosas

Que tocam suas cordas
nunca como antes
mas sempre como guiadas pela paixão
de uma nova melodia

do calor da fria noite
de dois corpos que se entrelaçam

Num ritmo
aos dois sabido, mas entre eles desconhecido

Anúncios

0 Responses to “Jazz”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Pick a Twitt

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Pick a Day

janeiro 2010
S T Q Q S S D
« dez   mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Pick a Click

  • 3,223 Acessos

%d blogueiros gostam disto: