24
dez
09

As problemáticas do Critério de Seleção

Meu critério de seleção para relacionamentos, penso eu, é bem sofisticado e cada vez que penso nele fico mais triste, ou com menos esperança…geralmente os dois.

Atualmente os seres humanos do sexo feminino estão cada vez menos intelectualmente interessantes, ao menos sob o meu ponto de vista. As garotas desenvolvem o intelecto de uma forma tão previsível que estão começando a ficar iguais umas as outras. E eu não entendo como elas conseguem ficar com sua mente intacta sabendo que seus atos contradizem suas vontades. Eu mesmo, quando caio na já familiar crise de existência (Questionando meus atos com minha noção pessoal de certo e errado), entro num mar de tristeza sem fim.

Depois da tristeza vem a raiva, que lembra toda a minha indignação com a sociedade lavadora de mentes e whatever, leiam o post no link.

Mas aí me dizem: “Ah, mas não são todas assim!”. Sim, eu sei que não são. Eu reconheço que minha idéia anterior é puramente estatística e é mais correto dizer que “A maior parte das garotas que conheço…”, e é nessa parte que entra o problema maior. Sim, eu conheço garotas que me deixam perdido apenas de conversar com elas. Elas são inteligentes, conseguem dissertar sobre qualquer assunto sem parecer que tem o QI de um pão de queijo, conhecem vários assuntos, sua personalidade não é enjoativa, nem mesmo moldada por padrões da sociedade, sua cabeça evoluiu com as situações do dia a dia, tudo isso fora o senso de humor, que é uma das coisas que mais sinto falta em garotas ultimamente. É difícil encontrar uma garota que me faça dar uma risada gostosa e verdadeira.

Pronto, encontramos as garotas mas BANG!, eu vou e descubro que as malditas infelizes são lésbicas!!
De uns tempos pra cá venho convivendo com muitas garotas lésbicas e percebendo que elas são muito mais atraentes que as outras garotas, ao menos as que sabem equilibrar seu lado feminino. Não joguem suas pedras dizendo que eu às imagino com outras garotas em seus momentos de prazer, já sai da puberdade a um bom tempo, obrigado. O que eu digo é que, na maioria dos casos que conheço, a garota lésbica atingiu um nível em que ela equilibra os lados feminino e masculino, atingindo uma harmonia que, sob meu Critério de Seleção, são aceitáveis e agradáveis. Elas tem senso de humor, não tem bloqueios sociais (falam o que tem de falar), mas não deixam de ser mulheres, atraentes, charmosas e sensuais, como toda garota, na minha opinião, deve ser.

Tudo isso leva a outro problema. Para pessoas como eu, reservadas, não recomendo o convívio em excesso com tais seres, a não ser que o rapaz tenha um bom nível de equilíbrio mental e emocional. A cada momento de convívio com lésbicas minha mente fica cada vez mais convencida de que mulheres não necessitam de homens, elas podem ser felizes entre elas e procurar um banco de sêmem ou um doador quando a natureza chamar, se chamar.
Sei que isso é, também, estatístico. Nem toda mulher quer outra mulher, ainda existem as que gostam de homens, mas o que fazer quando as que te consideram uma opção não lhe agradam?
Tudo isso é refoçado quando eu penso “E por que elas não gostariam de ser lésbicas?”. Pessoalmente tenho uma admiração pelo físico feminino, tanto quanto homem quanto desenhista (ou pseudo-desenhista, como diz minha modéstia). A mulher é algo bonito. Não posso fazer nada. É totalmente cabível que elas se “apreciem”.

E então, depois que isso tudo passa pela minha cabeça uma vez por semana eu fico naquele círculo vicioso: Conviver com lésbicas acaba com minha autoconfiança, eu acho cada vez menos que alguém vai gostar de mim da maneira que eu gostaria e conviver com garotas heterossexuais me faz ter cada vez mais raiva da sociedade em que vivemos, por transformar as pessoas nesse poço de sabedoria e personalidade.

Anúncios

4 Responses to “As problemáticas do Critério de Seleção”


  1. 1 Amberson
    dezembro 26, 2009 às 1:07 am

    Olha, não é por nada não, mas tenho que dizer que já pensei nisso, exatamente nisso que você escreveu (de uma forma diferente, claro), mas sobre os meninos.

    Não sei, parece que é mais uma coisa geral. Os humanos em si estão cada vez mais entrando nessa síndrome de manada e se orgulhando disso.

    A moda está aí para nos padronizar e lucrar em cima de nós. Não temos tempo para amadurecer (nem permissão de envelhecer) porque temos que trabalhar duro para ganhar uns trocados para poder gastar, esse é o plano de vida das pessoas, de um modo geral.

    Não sobra muito tempo para haver algum autoconhecimento, que é o que torna as pessoas únicas e insubstituiveis, que é o que lhes dá o tempero de humanidade.

    Sobre isso, estou tremendamente tentada a lhe recomendar uns blogs aqui sobre esse tipo de coisa… posso? *-*

  2. 3 Amberson
    dezembro 26, 2009 às 3:11 pm

    http://escrevalolaescreva.blogspot.com/

    http://marjorierodrigues.wordpress.com/

    Tenho outros, mas não achei aqui >_>
    passo depois, quando terminar de revirar o limbo dos meus favoritos xD

    O segundo blog estou em modo stand-by, mas os artigos são muito bons. E a Lola me faz rir bagarai

    E não sei se conhece, mas acho que iria gostar : http://jesusandmotraduzidas.wordpress.com/


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Pick a Twitt

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Pick a Day

dezembro 2009
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Pick a Click

  • 3,210 Acessos

%d blogueiros gostam disto: