03
dez
08

Sketch History

Rascunho de história

“Adaptação. Uma palavra que realmente nos faz pensar se a evolução do homem que criou os dialetos que hoje são os idiomas. O ser humano se mostrou uma das criaturas mais difíceis de se eliminar de qualquer que fosse o lugar. Até mesmo o tiraram de sua Terra natal, não a cidade, região ou país, seu planeta mesmo. Vejo este lugar me encarando como um bando de Urubús sedentos por carne morta. Esse deserto chamado planeta Terra. Acho que finalmente ele está fazendo jus ao nome que lhe demos”

O sol estava a pino e parecia adorar ver o chão queimando como uma criança como uma Lupa. Um ser pode ser visto no que pode se chamar o “Meio do Nada”, fechando um pequeno livro e guardando um pedaço de carvão e logo os motores do seu DesertHunter estavam roncando e saltando as Dunas de Martar. Uma, duas, vinte, infindáveis dunas de metros e mais metros de nada além da areia que um dia dominou o fundo do que os sábios chamavam de “mar”. O céu era o o velho observador de sempre, inteiramente azul sem uma única nuvem. Havia desistido de procurá-las a tempos, já nem mesmo sabia quanto tempo havia se passado.

No horizonte uma elevação vibrava pelo calor que emanava do solo mais próximo, mas ele sabia que não era uma miragem. Contaram-lhe que aquilo um dia foi uma ilha chamada Madagascar e que fora já rodeada por uma quantidade de água tão grande que cobria os desertos e se juntava ao Céu no horizonte. O Céu por sua vez era protegido pelos Deuses da Chuva, eram grandes e brancos como algodão, quando entravam em guerra, escureciam e seus golpes se transformavam em trovões assustadores, derrubando então o suor da batalha sobre nós.

Mais 200 dunas e o quadriciclo elétrico chega a um portão negro de quase 20m de altura. Ele guardava a entrada de um muro mais alto ainda que se estendia até onde a vista alcançava no deserto, com uma noção muito boa de Geometria era possível perceber que era um grande círculo.

-Truton! – gritou o ser que tinha uma voz juvenil e seca de sede – Já voltei!
-Ja vi garoto! – uma voz respondeu de uma grade no portão – Conseguiu alguma coisa?
-Não! Só areia – sua voz recebeu uma certa dose de tristeza – De novo…
-Venha, não fique triste, vou te pagar um drinque na Taberna, vamos entre!

Anúncios

1 Response to “Sketch History”


  1. 1 Euri
    novembro 29, 2009 às 4:45 pm

    ashuuhauhasuha
    depois desse futurismo todo, eu esperava um ‘Venha, vamos tomar alguma coisa num barzinho MARA que abriram em Marte.’


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Pick a Twitt

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Pick a Day

dezembro 2008
S T Q Q S S D
« nov   mar »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Pick a Click

  • 3,217 Acessos

%d blogueiros gostam disto: